Sopa x verão

receita-gaspacho

Aqui no Rio não se fala de outra coisa a não ser do calor!

São pelo menos dois banhos por dia, muito líquido, fruta, salada, ventilador, mergulho noturno no Arpoador, cervejinha na Urca e tudo mais que nos traga algum frescor!

E foi pensando em aliviar esse calor que trouxemos para vocês um frescor de onde muita gente nem sabia que poderia vir: de uma SOPA. Isso mesmo, uma sopa fria chamada GASPACHO ANDALUZ.

O Gaspacho é uma receita de sopa fria de origem espanhola antiquíssima que sofreu inúmeras alterações. Era originalmente um prato rústico à base de água, pão, vinagre, azeite de oliva e sal. Mas após a conquista espanhola do México, o tomate passou a ser cultivado no Reino de Castela e acabou por ser absorvido na receita. O que, pra mim, fez toooda a diferença!

Então, pareceu interessante?
Espere até tomar e você vai achar ainda mais!

Ingredientes:
1 kilo de tomate maduro – sem pele
1/2 pimentão vermelho – sem pele
1/2 pimentão amarelo – sem pele
1/2 pepino – sem casca
1 1/2 fatia de pão de forma / tb pode ser 1/2 pão francês
1/2 litro de água
3 colheres de sopa de azeite

Modo de preparo
Começamos tirando a pele dos tomates e pimentões. Para os tomates, basta fazer um X na parte inferior e deixa-los por alguns minutos em uma panela que contenha água fervente. O calor faz com que a casca saia com muita facilidade. Eu costumo tirá-los da água quando está visível que a pele já está soltando as pontinhas no X. Para tirá-los é importante ter cuidado para não se queimar, então, basta pegar um escorredor e passá-los pela água fria. Para os pimentões ou você pode espetá-los num garfo e ir passando próximo à chama, ou colocá-los para assar. O importante de tirar a pele do pimentão é que ela é a grande vilã da má digestão.

Feito isso junte todos ingredientes cortadinhos em uma panela com água, e por último coloque o pão.

Normalmente as receitas dizem para bater tudo no liquidificador e coar depois.

Por uma rebeldia intrínseca à minha pessoa, na cozinha, eu faço tudo diferente. Eu deixo estes ingredientes marinando todos juntos o maior tempo possível, que é para o sabor dos alimentos irem interagindo e se soltando. O tempo vai do tempo que você tiver. Uma dica é fazer à noite, e deixar até a manhã seguinte. Mas isso só se você puder, claro.  Depois deste processo eu bato no liquidificador, mas não coo depois. Eu gosto dele mais incorpadinho. O coado também fica muito bom. Então vai do gosto do freguês!

Por fim, geladeira!
Prato pronto e refrescante para você servir quando e onde quiser.

Esta receita é ótima não só para servir em casa, mas como em pequenos eventinhos. Fora que funciona muito bem para tardes e noites quentes!

Dica: Caso você tenha aipo e cenoura em casa, fica uma graça servir em copinhos pequenos com uns palitinhos de aipo e cenoura!

¡Buen provecho!

😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s