Receita – Nhoque Gourmet de Abóbora com Manteiga de Sálvia

Como todos sabem o Nhoque é uma receita italiana que ganhou o mundo. Sua base original é feita de massa, batata e farinha de trigo. Mas após passear por inúmeros lares, ganhou novas caras, receitas, e bases.

O Nhoque Gourmet é uma variação da receita tradicional, com um toque diferenciado.

Para este Dia das Bruxas nublado, o que melhor que um Nhoque Gourmet de Batata com Sálvia, heim?!

.Explicando os ingredientes.

A abóbora, diferente da batata, tem um sabor mais adocicado. É suave e de fácil digestão. Para quem estiver de dieta é bom saber que possui baixo teor calórico, além de ser rica em fibra e agentes antioxidantes. Numa dieta equilibrada ajuda a redução do mal colesterol!

A sálvia, apesar de hoje ser encontrada mais facilmente em feiras livres e alguns mercados, não é muito utilizada aqui entre nós, brasileiros. Mas é muito comum em regiões que possuem maior influência italiana. Seu nome é derivado do Latim e significa Boa Saúde. Tem um sabor forte e refrescante. Também é antioxidante como a abóbora, além de ser tonificante e de auxiliar na digestão.

A mistura destes dois ingredientes torna este nhoque divino. Ele é suave, derrete na boca, e não dá vontade de parar de comer!

.Receita.

Massa 1 kilo de abóbora japonesa * 100 gramas de farinha de trigo 1 gema 1 Pitada de sal.

* aqui você também escolher por fazer com 300 gramas de babata e 700 gramas de abóbora japonesa

.Molho.

50 gramas de manteiga

½ xícara de sálvia

.Preparo.

Corte as abóboras e coloque no forno. O grande inimigo do nhoque é a água. Como o cozimento feito no forno as abóboras ficam mais sequinhas e saborosas. Cozinhe a farinha antes de usa-la.

Coloque-a em uma frigideira em fogo baixo, mas não deixe dourar muito. Desta forma o nhoque ficará menos úmido. Isso evita que ele desmanche ao cozinhar.

Tendo as abóboras cozidas, dependendo do seu forno, isso pode demorar cerca de uma hora. Amasse as abóboras até que elas formem um purê.

Misture este purê ao ovo e mexa com uma espátula. Vá aos poucos adicionando a farinha até se forme uma massa delicada e uniforme. Utiliza cerca de metade da farinha total ou um pouco mais e reserve.

A receita de um bom nhoque é ele ter pouca farinha. Se for a sua primeira vez, e você estiver com dificuldade, adicione um pouco mais. Mas lembre-se os melhores nhoques levam pouca farinha. Isso mantém o gosto suave, sem amargos e a textura macia que derrete na boca!

Espalhe um pouco da farinha que sobrou sobre uma superfície lisa, pegue a massa, divida e faça pequenos rolinhos. Para facilitar este processo, trabalhe com bastante farinha. Os rolinhos cortados devem ter a grossura de um dedo médio

O cozimento deve ser feito com água fervente ( sem borbulhar), sem óleo. Pois o óleo impede que o molho seja absorvido pela massa. Para nhoques frescos o tempo de cozimento é de cerca de um minuto ou até subirem a superfície.

Se possível jogue-os em aguá fria após retirar da panela para que não se desmanchem ou grudem, a fim de realizar um choque térmico.

Para o molho basta dourar a manteiga e a sálvia em uma frigideira. E para finalizar, jogue a manteiga quente sob o nhoque ou passe-os levemente por sua frigideira.

E Voilá! Aproveite o seu dia da bruxas em grande estilo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s